Seja a mudança que você quer ver na sua casa!

Você já mudou algum móvel ou algum objeto em sua casa? Seja para somente trocar de lugar, ou seja para retirar aquele objeto antigo porque você adquiriu um mais novo, o fato é que nós gostamos de mudar algumas coisas em nossas casas. E o seu marido ou seus filhos, você já tentou mudá-los ou desejou que eles agissem de forma diferente? Quem nunca se frustrou ou se decepcionou desejando por uma mudança nas outras pessoas que atire a primeira pedra. Em algumas situações, estamos até mesmo preparadas para justificar nossas atitudes com o seguinte pensamento: “já que eles (o marido, os filhos, etc.) ainda não mudaram eu também não vou agir de forma diferente. Só vou melhorar e mudar quando eles também o fizerem”. Mas, o que a Palavra de Deus nos orienta a respeito disso?

Podemos ler em Provérbios 14: 1 que “a mulher sábia edifica a sua casa”. Isto significa que a mulher sábia reconhece que precisa ser transformada pelo poder do Espírito Santo, pois a sua própria mudança é fundamental para o crescimento e o amadurecimento de sua família. Muito mais do que ficar esperando que os outros mudem primeiro, a mulher sábia identifica que deve ser mudada e transformada pelo evangelho de Cristo Jesus.

A maioria de nós já teve o pensamento de que iria mudar somente se a outra pessoa mudasse antes. Com certeza, todos os membros da família possuem a sua parcela de responsabilidade e de comprometimento no lar. A ideia aqui não é retirar tal parcela, mas refletirmos juntas na nossa responsabilidade e no nosso compromisso em mudar, conforme os ensinamentos bíblicos. Nós somos orientadas pela Bíblia Sagrada a termos a nossa mente e a nossa vida transformada por Cristo para que assim sejamos capazes de experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus em nós e em nossas famílias (Rm 12: 1 e 2). Na prática, não devemos ficar esperando ver e comprovar a mudança no outro primeiro. Mas, precisamos sim ser a mudança que desejamos ver em nossas casas, por mais que isso seja desafiador para nós.

Através da ação graciosa de Deus, nos rendemos a Cristo, somos alcançadas pelo seu evangelho e vivenciamos o agir transformador do Espírito Santo. Tudo isso faz com que nossas palavras, nossas atitudes e nossos pensamentos sejam modificados, fazendo com que sejamos cada vez mais parecidas com nosso mestre Jesus. O que certamente influencia nossa maneira de lidar com a família, aqueles que estão mais próximos de nós.

Nós sabemos que os relacionamentos familiares são desafiadores, mas eles também podem ser plenos e repletos de alegria para os que deles participam. Sendo assim, quando acontecer algum dilema ou problema em sua casa e você começar a pensar no quanto as outras pessoas precisam ainda mudar, lembre-se de que como servas de Cristo, cada uma de nós também precisa ser a mudança que desejamos ver em nossa casa!

Fonte: FESOFAP

Confira também

Comentários encerrados.