Ideias para Escola Bíblica: Fazendo o Papel

Nesta atividade, os alunos terão a oportunidade de explorar sentimentos e atitudes envolvidas numa história e também lutar com a “vida real”, ao tentar resolver um problema ou dilema. O professor deve “preparar o palco” para que todos entendam a situação ou a cena de fundo de uma história bíblica. Depois, escolha dois ou três “atores” que, sem ensaio, farão o papel de vários personagens envolvidos na cena.

(Pode dar alguns minutos para eles se prepararem e combinar alguns detalhes simples entre si. O professor precisar verificar que cada um entenda exatamente qual o papel que deve desempenhar no esquete.)

Os atores devem “fazer o papel”, assumindo a personalidade, sentindo as emoções, dramatizando as reações das pessoas envolvidas. “Fazendo o papel” ajuda muito a classe a vivenciar os eventos da história.

O minidrama deve continuar por um a cinco minutos. O professor deve interrompê-lo quando o ponto principal já foi feito e as emoções ainda continuam fortes. Não devem esperar demais depois do clímax da apresentação para fazer a ponte para a aula.

Exemplos de situações próprias para “fazer o papel”:

 

-Maria explicando para seus pais que está grávida.

-O filho pródigo com seu pai e irmão mais velho um dia depois da festa.

-Zaqueu explicando a seus familiares por que está dando dinheiro aos pobres.

-Um jovem tentando compartilhar o Evangelho com seus colegas no time de futebol.

-Um funcionário cujo o chefe pediu que ele mentisse ao telefone.

 

Você pode buscar os temas de suas lições para assim deixa-los fazer o papel e viver as situações trabalhadas nas aulas de escola Bíblica.

 

Fonte: 101 ideias criativas para os professores – David Merkh e Paulo França

Confira também

Sem comentários