Construindo o céu em casa

Quando você está fora e pensa em sua casa, qual o primeiro sentimento que lhe acomete?

Se, de imediato, uma memória afetiva salta ao seu pensamento, trazendo uma boa recordação do seu “cantinho especial”, arrisco dizer que você tem um lar.

Uma casa a gente constrói com recursos materiais, já um lar requer matéria prima emocional.

Costumo dizer que todas as experiências que vivo fora do lar, seja em um lugar singelo ou sofisticado, em um grande evento ou uma simples reunião, ao final me remetem a falta que sinto do meu lar, da minha cama, do cantinho de quietude, dos meus pertences, da minha família.

Resumir em duas palavras a ideia de um lar, como o pedacinho do céu, não é tarefa fácil, mas se me pedissem para fazê-lo eu usaria as palavras paz e harmonia.

O texto de Efésio 4:32, nos dá dicas de como alcançar a bênção de um lar pacífico e harmonioso. Veja: “sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.”

Como diria uma amiga minha: “se quiser me conhecer de verdade vá lá em casa”. No clima de liberdade da nossa casa é quando revelamos quem somos, nas atitudes diárias, no exercício da unidade e no engajamento dos propósitos.

Construir e manter um lar é missão para gente com visão além do alcance e com foco no futuro.

Lembre-se de que você está a serviço de Deus nessa terra. Se faltar sabedoria peça a ele, que a concede de boa vontade. E como precisamos de sabedoria para manter um lar!

São tantos os momentos em que precisamos “cheirar flor e assoprar vela”, em outras palavras, respirar fundo e manter a calma. Mas, pode acreditar, o resultado vale a pena!

Compartilhar experiências e aplicar boas dicas facilitam a tarefa, que por si só tem seus desafios.

Pensando nisso, selecionei dez práticas que ajudam a transformar o ambiente da nossa casa em um pedacinho do céu:

  1. Uma boa massagem nos pés quando minhas filhas ou meu marido chegam cansados dos compromissos do dia;

  2. Bater um bom papo, todos juntos no sofá;

  3. Café da manhã de domingo no edredom preparado pelo “chef” do lar; um dos meus momentos favoritos, quando colocamos as novidades em dia, falamos sobre nossos planos e oramos juntos;

  4. Receber amigos e compartilhar experiências;

  5. Listar os nossos sonhos e submetê-los a aprovação de Deus;

  6. Desabafar as nossas frustrações e ajustar as nossas motivações;

  7. Organizar a casa para uma recepção calorosa no retorno de uma longa viagem;

  8. Ter disposição para escutar e aconselhar;

  9. Aprender e respeitar a linguagem do amor de cada um;

  10. Dar e receber perdão.

Se ainda não o fez, comece hoje mesmo a trabalhar para ter um pedacinho do céu aqui, no seu lar.

Fonte: FESOFAP

Confira também

Comentários encerrados.