Categoria : Mulheres

Seja a mudança que você quer ver na sua casa!

Você já mudou algum móvel ou algum objeto em sua casa? Seja para somente trocar de lugar, ou seja para retirar aquele objeto antigo porque você adquiriu um mais novo, o fato é que nós gostamos de mudar algumas coisas em nossas casas. E o seu marido ou seus filhos, você já tentou mudá-los ou desejou que eles agissem de forma diferente? Quem nunca se frustrou ou se decepcionou desejando por uma mudança nas outras pessoas que atire a primeira pedra. Em algumas situações, estamos até mesmo preparadas para justificar nossas atitudes com o seguinte pensamento: “já que eles (o marido, os filhos, etc.) ainda não mudaram eu também não vou agir de forma diferente. Só vou melhorar e mudar quando eles também o fizerem”. Mas, o que a Palavra de Deus nos orienta a respeito disso? Podemos ler em... ...

Leia mais →

Espinho na rosa ou rosa no espinho?

“E para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte. Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo” (2 Coríntios 12:7-9). Você já pisou descalça em algum espinho? Ou já entrou uma “ferpinha” no dedo da mão quando mexia com alguma coisa de madeira, ou se alfinetou em algum cactos ou rosa? Já passei várias vezes por essas situações e esse negócio incomoda, dói, fica ardendo e a gente não vê a hora de se livrar desse espinho não é verdade?... ...

Leia mais →

Quem nunca pensou em desistir?

Pensamos em abandonar o que estamos fazendo, porque o resultado está demorando demais. Diante dos desafios do dia-a-dia, muitas vezes pensamos em desistir. Pensamos em abandonar o que estamos fazendo, porque o resultado está demorando demais, porque o tempo da colheita parece que nunca vai chegar. Mas sejamos firmes e constantes, porque tudo o que fazemos e apresentamos ao Senhor, não é em vão. Vamos nos ocupar com a semeadura, cuidando para que seja em abundância, e certamente logo chegará o período da colheita. Que o Senhor renove o nosso ânimo para suportarmos as lutas e pressões do dia-a-dia. Vamos semear com abundância, crendo, com muita fé, que a colheita logo chegará! “Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes” (Sl 126:6). Fonte: Guia-me ...

Leia mais →

Empoderadas pela graça

Uma das maiores pautas do feminismo na atualidade é o empoderamento feminino. Todas as atrocidades defendidas por esse movimento tais como o aborto, o abandono dos lares e a depravação dos corpos são realizadas em busca e em defesa desse tal empoderamento. Mas o que a maioria das mulheres que se deixa enganar pelas pautas feministas não consegue compreender, é que o verdadeiro empoderamento só pode ser conquistado e garantido por alguém que, de fato, tenha poder para transformar a realidade de homens e mulheres caídos e depravados. Só Deus, por meio de sua graça, pode transformar mulheres e capacitá-las para realizar sua boa, agradável e perfeita vontade. Só a graça divina pode nos tirar de nosso total estado de rebeldia e pecado e nos conceder uma vida de obediência e santidade. O verdadeiro empoderamento feminino foi conquistado por Cristo... ...

Leia mais →

Mães em dias de ideologia de gênero

A “ideologia de gênero” é uma expressão usada pelos críticos da ideia de que os gêneros são, na realidade, construções sociais. Para os defensores desta “ideologia”, não existe apenas o gênero “masculino” e “feminino”, mas um espectro que pode ser livremente escolhido pelo indivíduo. Para nós, cristãos, a identidade genética, o gênero, a definição sexual de uma pessoa é definida soberanamente por Deus, o idealizador e criador do ser humano. “Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” Gênesis 1.27. Eu tenho o privilégio de ser mãe de um casal de filhos. Desde bem pequenos, ainda no ventre, meu marido e eu os ensinamos sobre a sua real identidade porque acreditamos que isso é a base para uma vida que glorifique a Deus. Eles não são obra do acaso. São criação... ...

Leia mais →

Eu não sou a Supergirl

Minha mais nova série preferida das ultimas semanas é Supergirl. Para quem não conhece, a Supergirl é uma prima do Superman, que aos vinte e poucos anos decide usar seus poderes para proteger a cidade. Mas além disso, ela ainda precisa se dividir entre um emprego ruim, uma chefe tirana, um relacionamento complicado com a irmã, uma paixão mal resolvida… e ela sempre consegue! Em uma época em que o tal “empoderamento feminino” tem sido tão propagado, não seria nada mal para nós termos algum tipo de super poder. Mas não temos… Enquanto assistia a série eu parei para pensar em quantas vezes eu também tentei ser “super” administrando trabalho, finanças, família, relacionamentos, sempre mantendo uma aparência impecável e um sorriso no rosto como se nada pudesse me atingir. Acontece que eu não sou super e não tenho o corpo... ...

Leia mais →

O melhor presente que uma mãe pode dar à sua filha

Eu tenho 20 anos, e minha mãe é uma das minhas melhores amigas. Ela é o meu lugar seguro, minha conselheira mais próxima e minha maior apoiadora. E tem sido assim durante todo o tempo que consigo lembrar. De alguma forma, minha relação com minha mãe não apenas sobreviveu aos meus anos de adolescência; nossa relação floresceu durante essa fase. Meus anos de adolescência foram o que formaram o vínculo que temos agora. Mas, como isso aconteceu? O início do discipulado pessoal Por toda a minha vida, meus pais foram intencionais sobre cultivar o discipulado familiar. Fazíamos o culto doméstico a cada noite. Meu irmão e eu fomos educados em casa, e meus pais eram diligentes no treinamento da cosmovisão. Porém, quando eu tinha 12 anos, eles se tornaram intencionais sobre um discipulado pessoal, e creio que foi isso que... ...

Leia mais →

Não desanime com o seu casamento

Penso que o maior o adversário do seu casamento não é o divórcio. É você desanimar com o seu casamento. O desanimo rouba a esperança da alma das pessoas. Muito se fala sobre o número de divorciados e casamentos acabando. Mas isso é mais barulho, mobilização para destruir valores da família, ênfase de algum tipo de mídia , mobilização política e orquestração do inferno contra o casamento conforme a bíblia define: entre homem e mulher. Mas, a realidade é que a esmagadora maioria dos que se casam, permanecem casados. Quero encorajar, aos casados, a investirem, com força, nos seus casamentos e manterem seus votos durante as aguas plácidas e também durante nos dias turbulentos. Todo casamento enfrenta lutas, barreiras, tensões das mais variadas formas. Mas olhe para os que passaram nesta estrada, superaram e seguem juntos no casamento aprendendo a... ...

Leia mais →

Seja o seu melhor, para a glória de Deus

Não importa se você é notada ou não, faça tudo da melhor maneira, pois ele sempre a vê. Amada, escolhida, preciosa, agraciada, redimida, menina dos olhos de Deus… Estas são apenas algumas das afirmações que Deus faz sobre nós. Deus tem uma aliança de amor eterno conosco. E por que, então, muitas vezes nos sentimos tristes, infelizes, depreciadas, desvalorizadas, pequenas, com um enorme vazio dentro da alma? Porque nos esquecemos do real valor que temos. Porque muitas vezes usamos o “espelho” errado para nos ver. Deus, após o dilúvio, renovou sua aliança com o ser humano e estabeleceu um sinal: “Quando eu trouxer nuvens sobre a terra e nelas aparecer o arco-íris, então me lembrarei da minha aliança com vocês e com os seres vivos de todas as espécies”(Gn 9.14). Semelhantemente, precisamos de um sinal que nos lembre do valor... ...

Leia mais →

Com que roupa vou?

“Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés. […] Vamos fazer uma festa e alegrar-nos’” (Lucas 15:22, 23). Com que roupa vou? Todos nós já fizemos essa pergunta muitas vezes. É bonito ver as pessoas se trajando com capricho e elegância. Vestimo-nos para nos sentir melhor, para acentuar aquilo que gostamos em nós ou para dissimular aspectos dos quais não nos orgulhamos em nossa aparência. Quando você põe aquela roupa que lhe cai bem, há um sorriso no rosto, leveza e confiança nos passos, e sua autoimagem fica lá em cima. A volta do filho pródigo começou quando ele mudou de opinião sobre o pai. A graça o compeliu, o atraiu, agiu como ímã levando-o de volta para casa. Ele voltou sujo,... ...

Leia mais →