Categoria : Mulheres

Fale mais sobre você

Um dos pontos principais da fé cristã é reconhecer-se pecador. Não há motivo para salvação se não há um pecador. Isso é fato. Portanto, para me considerar cristã, preciso primeiramente olhar para mim e assumir o que em mim é inteiramente oposto a Cristo. Porque há muito em mim que envergonharia Cristo se ele não já soubesse quem sou. Há algo que tenho observado. Eu sofro do mal da falta de autoanálise. Contudo, tenho a visão bastante apurada quando se trata do drama alheio. Falo dos pecados alheios com uma análise que faria jus a um excelente terapeuta, contudo, quando em um ambiente de confessar pecados uns aos outros digo “sim, sou pecadora” de forma bastante genérica e evasiva. Devido à postura arrogante para falar do erro do outro, acabo ficando isolada. Ninguém se sente à vontade ao ser acusado... ...

Leia mais →

Nunca perca a esperança

“… Senhor, se tu quiseres, podes purificar-me” (Lc 5.12). Há problemas insolúveis, há doenças incuráveis, há causas perdidas, a menos que Jesus realize um milagre. E foi o que ele fez e é o que ele faz. O texto em apreço fala de um homem coberto de lepra que, estando como uma carcaça humana, com seu corpo apodrecendo, vai a Jesus, prostra-se diante dele e, clama: “Senhor, se tu quiseres, podes purificar-me”. Sua doença era incurável, seu problema era insolúvel, sua causa era perdida, mas Jesus estendeu a mão, tocou-lhe, dizendo: Quero, fica limpo! E, imediatamente, lhe desapareceu a lepra. Seis verdades são destacadas no texto em tela: Em primeiro lugar, o doente (Lc 5.12). Os três Evangelhos Sinóticos narram esse episódio, mas só Lucas, que era médico, nos informa que o homem estava coberto de lepra, ou seja, no... ...

Leia mais →

Seu família gasta demais? Isso pode ser doença!

O consumismo compulsivo não é charme. Pode ser, sim, uma doença séria que precisa de tratamento. O consumo compulsivo é considerado uma doença e atinge de 2% a 8% dos brasileiros. Sendo que 80% dos casos acontecem com as mulheres. Apesar do preconceito da sociedade, que não entende a profundidade do problema, o consumismo compulsivo precisa, sim, de tratamento, como qualquer outra doença. Se realmente o diagnóstico for confirmado, o consumista compulsivo precisará de tratamento psicológico e da colaboração das pessoas próximas. O que é a doença? O nome oficial da doença é onemania, e a pessoa que é acometida dela possui desejo incontrolável de fazer compras. Por isso, simplesmente não consegue deixar de comprar, e não analisa se as condições financeiras estão favoráveis ao consumo ou se há mesmo necessidade de compra. Por isso, em praticamente 100% dos casos,... ...

Leia mais →

Seja agradecido pelo que tem!

Deixe de reclamar e veja as dádivas que o Pai lhe dá Quando me casei, fui morar em um apartamento tão pequenininho que de um ponto dele você conseguia ver todos os cantos. Era só dar uma volta completa em torno dos calcanhares que eu vislumbrava os dois quartos, a sala, a cozinha e o banheiro. Naturalmente, eu sonhava com um lugar maior para morar, pois estamos sempre insatisfeitas com o que temos e achamos que merecemos mais. Foi quando o Senhor quis me dar uma lição. Ele me fez pegar um ônibus errado, que me conduziu a um bairro vizinho, mais distante. De lá eu conseguia ver a região em que morava e decidi seguir a pé até chegar a minha casa. De repente, deparei com uma comunidade carente enorme, que eu conhecia de ouvir falar, mas que meus... ...

Leia mais →

Uma mãe que ora

As orações de Mônica em favor da conversão de Agostinho A oração intercessora é um elemento-chave na evangelização. Talvez o melhor exemplo seja o e Paulo: “O desejo de meu coração e a minha oração a Deus pelos israelitas é que eles sejam salvos” (Rm 10.1). Jesus também orou antecipadamente por aqueles que viriam a crer nele (Jo 17.20). É preciso orar por causa da pesada bagagem de apatia, ignorância, cegueira, incredulidade, soberba, preconceito e servidão pecaminosa que todo pecador carrega nas costas. Foi isso que a mãe de Agostinho soube fazer com perseverança e sucesso. Nascida em Tagaste, hoje Souk Ahras, na Argélia, norte da África, em 332, Mônica era filha de uma família cristã, mas casou-se com um rapaz pagão, chamado Patrício, que era funcionário público. Aos 22 anos deu à luz Agostinho, que, ainda jovem, aderiu à... ...

Leia mais →

Quem é grato no sofrimento?

Deus teve muitos filhos. Só um não pecou. Mas todos sem exceção sofreram. O sofrimento é universal! A formatura do sofrimento é a morte. Não há morte sem doença, não há doença sem patologia, não há patologia sem agressão, não há agressão sem sofrimento. Mas minha gente, como é difícil ser grato no sofrimento! A gente quer ser grato nas bênçãos, nas vitórias, nos sucessos. O sofrimento em nossas cabeças entra como provação, período de tristeza, de perdas. Assim não nos parece lógico, à primeira vista, nos sentirmos gratos no sofrer. Devemos lembrar que cristianismo não é masoquismo. O evangelho não nos ensina a desejar o sofrimento. Não somos gratos PELO sofrimento. Jesus só nos adverte que teremos aflições. Mas devemos ter bom ânimo! O sofrimento vai passar! Crer assim é combustível para a esperança! Só é grato no sofrimento,... ...

Leia mais →

Haja Eva

Adão deu à sua mulher o nome de Eva, pois ela seria mãe de toda a humanidade. (Gênesis 3:20) Eva em hebraico Hawwãh significa “vida”, “cheia de vida”, e quão cheia de vida ela era! Ela seria o começo, a mãe de toda a humanidade. Adão e Eva foram os únicos seres humanos que nos mostraram realmente o que é viver de acordo com o propósito original de Deus. Eles foram os primeiros homens, o começo da criação. Eles conversavam com Deus, e tinham uma intimidade única com ele. A bíblia diz em Gênesis 2:19 que Adão deu nome a todas as espécies. Eles exerciam seu papel com a natureza, cuidavam dela e a ordenavam. Eles representavam o ideal de Deus para os seres humanos, sem pecado. Eva era a mulher ideal, partilhava a vida com Adão e era sua... ...

Leia mais →

3 maneiras pelas quais o evangelho muda o casamento

Quando um novo líder é nomeado em uma organização, a mudança é inevitável. O novo chefe definirá a política, estabelecerá o tom e refletirá uma atitude em sua organização. O mesmo é verdade quanto aos nossos casamentos. O novo líder a quem me refiro aqui não é um novo marido, mas sim o verdadeiro marido, o Senhor Jesus Cristo. Pelas Escrituras, nós sabemos que um casamento cristão nunca é simplesmente uma união de duas pessoas, mas duas pessoas unidas em Jesus Cristo. Esta é outra maneira de dizer que Jesus é a nossa cabeça, o Senhor e o que concede vida ao nosso casamento. Quando um homem e uma mulher abraçam a verdade do evangelho, seja na conversão ou na santificação, sempre há mudanças correspondentes relacionadas a Jesus ser o cabeça do casamento. Abaixo estão três das mudanças mais comuns... ...

Leia mais →

Não se preocupem…

Inquietação, preocupação e ansiedade — estes são sinônimos para descrever o mal que atormenta nossa geração pós-moderna. Nossos dias estão mais curtos, a quantidade de informações a que estamos expostos é assombrosamente grande, a competição extrapola o ambiente profissional e se manifesta em todos os nossos relacionamentos. Por fim, numa era em que o relativismo sucumbe com o absolutismo, a incerteza toma conta da nossa mente. Não é de se estranhar que a exposição contínua a essas situações de estresse nos cause desconforto. Lembro-me da advertência de Jesus no Sermão do Monte: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal” (Mt 6.33-34). Ao contrário do... ...

Leia mais →

Pessoas gratas são mais felizes!

As reclamações vêm de todos os lados, de todos os tipos de pessoas. Velhos e jovens, ricos e pobres, vivem de uma maneira totalmente insatisfeita com tudo o que possuem. Esse mundo nos leva a consumir o que não precisamos, nos faz enxergar a vida de uma maneira que na verdade nos faz cegos, vendados da verdadeira realidade e vivendo de maneira infeliz. Sem gratidão é impossível ser feliz, vivemos de forma a achar que o que temos é pouco, que precisamos de mais bens, amor, viagens, roupas, amigos, de um emprego melhor, mais dinheiro. O fim de tudo isso? Não existe, pois para o mundo isso nunca acaba.  Mas para Deus isso termina quando deixamos que Ele habite em nosso coração e nos leva a enxergar nossas verdadeiras necessidades. Quando Deus habita em nós começamos a ver as coisas... ...

Leia mais →