Categoria : Jovens

Ostentação. Ô tentação.

O desfile é diário. Acontece nos corredores dos shoppings, nas páginas das mídias sociais, nos corredores dos templos, nos congestionamentos das praias, nos restaurantes onde se paga muito pra se comer pouco, nos eventos que parecem aqueles pastéis com pouco recheio e muito…vento, nas conversas onde se conta pouco sobre a vida enquanto se conta muita… vantagem. Ostentação, as vezes discreta, as vezes escandalosamente assanhada, todo dia ela se insinua e marca posição alimentando insatisfeitos egos. Ostentação vem do latim “ostentare”. Significa mostrar, e sempre mostrar com excesso e orgulho as próprias realizações, as conquistas, os dons, as habilidades, até aí tudo bem, é gosto de cada um. Mas o significado de ostentar não para aí, o “mostrar” vem sempre acompanhado de holofotes que fazem questão de destacar o luxo e a riqueza em cada feito, em cada conquista. Enfim,... ...

Leia mais →

A mentira NÃO liberta

“Eis o que devem fazer: falem somente a verdade uns com os outros” – Zacarias 8.16a Se pensarmos bem, a mentira é mesmo um grande cárcere. Como exemplo disso, temos dois prisioneiros no mundo da ficção que ficaram famosos por suas mentiras: o “Menino mentiroso” e “Pinóquio”; este tinha o nariz crescido toda vez que faltava com a verdade; aquele, no dia em que falou a verdade, ninguém deu crédito a ele. Você pode pensar: “mas isso é não faz parte do mundo real, é apenas resultado de um conto”… no entanto, a realidade está aí cheia de personagens que em nada se parece com essas “inocentes” histórias, pois vivem faltando com verdade. De certa forma, temos tido carência de referencial. Líderes de todos os ramos (inclusive religiosos) caíram em descrédito, usam e abusam da mentira a ponto como se... ...

Leia mais →

Quem precisa de um detox digital?

Como a tecnologia se expandiu e tornou-se imprescindível em nosso cotidiano, não?! Facilitou em muitos aspectos, nos acomodou em outros, aproximou a muitos. Também distanciou-nos de outros, trouxe alguns conflitos sérios, ou mesmo rompimentos tidos por definitivos. E o que dizer das redes sociais? Temos visto quanta autoestima que agora depende da quantidade de curtidas ou do sucesso na internet, isso sem contar que para muitos elas têm se tornado a fonte maior de prazer. Ter um lugar para falar de si e expor-se pode ser interessante em boa parte do tempo, pode ajudar alguns inclusive. Mas qual a boa medida disso? Indicar um lugar interessante para se comer, como dica para quem passar por ali, ou compartilhar a foto de um programa legal, um local que vale a pena visitar: toda essa troca pode efetivamente ajudar e ser útil.... ...

Leia mais →

E os meus sonhos?

Mais um ano chegando ao fim e já estamos com aquela sensação de retrospectiva. Talvez você faça uma lista – mesmo que mental – de sonhos e planos para o novo ano que se inicia. Hoje talvez você esteja com o sentimento de dever cumprido! Foram tantos os planos concluídos, mais algumas etapas vencidas… Mas pode ser também que você tenha se deparado com aqueles projetos que ficaram pra trás, com os sonhos que não conseguiu realizar, com a frustração de não ter feito isso ou aquilo. Pode ser que algumas coisas não tenham acontecido como planejado. E agora? Penso na história de Ana, narrada em I Samuel. Imagino o quanto sonhou com os filhos que teria, como se chamariam, com quem se pareceriam, do que gostariam de brincar. E esses sonhos foram ficando distantes e cada vez mais sofridos,... ...

Leia mais →

Amigo tipo o…

“Dou graças a Deus, a quem sirvo com consciência limpa, como o serviram os meus antepassados, ao lembrar-me constantemente de você, noite e dia, em minhas orações”, – 2Tm 1.3, NVI Sempre que leio este trecho desta carta fico admirado com a maneira como Paulo lembra do jovem Timóteo. O apóstolo deixa claro que não passa um dia sequer sem interceder por seu amigo Timóteo, e que, enquanto passa um tempo na prisão, ele alivia a saudade com lembranças das experiências que viveu junto com seu filho na fé. Esta parceria entre ambos, revela uma lição valiosíssima: precisamos de mais amigos que nos levem para perto de Deus. Paulo inicia sua carta ao amigo e filho na fé, dizendo que agradece a Deus sempre que lembra de Timóteo (2Tm 1.3). Este simples trecho da carta já é de arrepiar! Imaginem,... ...

Leia mais →

Eu preciso mesmo disso tudo?

Eu contei 21 relógios. Sim, vinte e um! O pior é que esse não era o único sintoma de exagero…  Precisei fazer uma reforma em minha casa e foi necessário tirar TUDO do lugar. Assim, aproveitei pra fazer uma faxina e praticar o tal desapego. Mas o que encontrei revelou muito mais do que as lembranças das fotos antigas. Sempre fui consumista, confesso, mas encontrar uma caixa com 21 relógios esquecidos me fez refletir quantas vezes tentei preencher vazios da minha vida com coisas. Quantas vezes o TER teve muito mais importância que o SER. Lembrei de quantas vezes escondi sacolas no carro por semanas para não mostrar pra família (quem nunca?).  Sem contar nas vezes em que tive problemas financeiros por conta disso.  Mas enquanto o exterior estava impecável, ostentando uma variedade incrível de roupas e acessórios, o interior... ...

Leia mais →

Quais eram mesmo minhas metas?

Você é do tipo de pessoas que faz metas e resoluções? O fim do ano vai chegando e você já começa a pensar: Nossa, em 2018 eu vou fazer isso, aquilo, e aquilo outro também. É bem verdade que o ano está praticamente acabando, mas será que é hora de você definir as próximas metas? Antes, pense um pouco nas metas que você definiu para 2017! Você ainda se lembra delas? Será que você decidiu amar mais? Perdoar mais fácil? Ser menos agressivo? Fazer dieta? Ir à academia? Estar mais presente? Seja lá o que tenha sido, você ainda se recorda dessas metas? É incrível que a mudança de dezembro para janeiro seja como a virada de qualquer mês, como maio para junho, por exemplo. No entanto algo nos diz que aquela mudança é diferente, que janeiro é recomeço, é... ...

Leia mais →

Espiritualidade anêmica: diagnóstico e cura

A espiritualidade anêmica é aquela que se alimenta de versos isolados, que baseia a fé em correntes e/ou campanhas, que crê que a oração do pastor ou do bispo é “mais forte”, que a adoração e devoção só se dão em determinados locais geograficamente determinados pelos líderes. A espiritualidade anêmica é aquela que enfatiza as riquezas materiais em detrimento da salvação, como a maior riqueza dessa vida. É aquela espiritualidade que enfatiza que as bênçãos de Deus devem ser medidas pela saúde, prosperidade, sucesso e vida luxuosa, desprezando o sofrimento. É aquela espiritualidade que convida pessoas a “pararem de sofrer”, deixando de lado que a figura do Messias Esperado, relatado no Antigo Testamento, é a do Servo Sofredor. É a espiritualidade que se baseia na troca, na barganha e nas expressões deterministas e que não ensina que somos fracos, falhos... ...

Leia mais →

Jesus Face

Imagine se Jesus tivesse uma fanpage no face. Para efeito de comparação, numa rápida pesquisa no google sobre quem são as 5 pessoas no mundo que tem mais seguidores na rede social, o resultado é o seguinte: Shakira com 105 milhões, Cristiano Ronaldo com 100 milhões, Eminem com 95 milhões, Rihanna com 90 milhões e Vin Diesel com 86 milhões. Duas cantoras, um rapper, um jogador de futebol e um ator. Caras que salvam a vida de pessoas como cientistas, médicos, bombeiros, esquece, mal conseguem chegar na casa do milhão. Mas e Jesus? Qual seria o resultado? Bem, se considerarmos apenas os cristãos que estão conectados o número já seria absurdamente maior que o das cinco celebridades citadas. Mas penso que dado o impacto da vida de Jesus tanto para os que creem como para os que não creem, o... ...

Leia mais →

Ouvir é uma forma de amar. Tire os fones.

Uma das marcas da sociedade contemporânea é a individualidade. A pós-modernidade imprimiu nas pessoas o desejo de olharem somente para si mesmas, reproduzindo assim uma sociedade individualizada e narcisista. “Tudo é meu”. O pronome possessivo tem sido usado por várias vezes e soa como música aos ouvidos dos moderninhos de plantão. Essa sociedade individualista ao extremo enaltece as pessoas que pensam e agem somente a partir de si mesmas, e nega o conceito do coletivo. Tudo é compartimentado, tudo é feito sob encomenda a gosto do freguês, tudo é personalizado, tudo é com a “minha cara”. Tudo deve ser personalizado. A ideia de coletividade vai se perdendo e se diluindo diante de tanto egoísmo concentrado. Os fones de ouvidos são um dos símbolos de nossa geração individualizada. A grande maioria das pessoas ao nosso redor está conectada à internet em... ...

Leia mais →