Categoria : Institucional

Então você quer pecar, certo?

Então você quer pecar, certo? Eu entendo isso. Eu já senti isso. Eu já senti isso hoje. E ontem. E anteontem. Posso pedir apenas 4 ou 5 minutos do seu tempo? Depois você pode ir e pecar o quanto você quiser. Mas, antes, queria que você lesse algumas palavras e parasse um momento para pensar sobre elas. Pense, cristão, que Cristo veio do lado do Seu próprio Pai, onde Ele havia existido eternamente, para esse mundo de dor, sofrimento e morte; que o próprio Deus se manifestou em carne, o Criador se fez criatura; que Ele que era revestido de glória agora revestiu-se de carne mortal; que Aquele que enchia os céus e a terra com sua própria glória seria colocado numa manjedoura; que o Deus todo poderoso fugiria de homens fracos – o Deus de Israel escapando para o... ...

Leia mais →

A supremacia das Escrituras e a primazia da pregação

O apóstolo Paulo, o maior bandeirante do Cristianismo, fechando as cortinas da vida, na antessala de seu martírio, ordenou a Timóteo: “Prega a palavra…” (2Tm 4.2). Uma coisa é pregar a palavra, outra coisa é pregar sobre a palavra. A palavra é o conteúdo da pregação e a autoridade do pregador. O pregador não é a fonte da mensagem, mas seu instrumento. O pregador não produz a mensagem, transmite-a. O pregador é um arauto; a mensagem não é sua, mas daquele que o enviou. Seu papel não é tornar a mensagem mais palatável aos ouvidos das pessoas, mas transmiti-la com fidelidade. Duas verdades devem ser destacadas no texto de 2Timóteo 4.2. Em primeiro lugar, a supremacia das Escrituras. Paulo escreve: “Prega a palavra”. Paulo não ordena a Timóteo a pregar suas próprias ideias nem o autoriza a pregar a mensagem... ...

Leia mais →

Encontro Ministerial 2013

No último final de semana a convenção Regional Noroeste Paulista preparou para os pastores e esposas o Encontro Ministerial no Ipê Park Hotel em Rio Preto. Foram momentos preciosos de conhecimento na palavra como Educação de Filhos, Intimidade conjugal, vida devocioal. Estiverem presentes ministrando a palavra os Pastores Aldo e sua esposa dsa. Lilian e Carlos e sua esposa Solange Correa. Além disso fomos presenteados e recebemos muito carinho da nossa RESOFAP. Louvamos a Deus por pertecer a essa região e pela oportunidade de termos um momento onde pudemos compartilhar experiencias e também orar pelas nossas dificuldade. Louvamos a Deus também por estamos todos juntos e poder desfrutar da amizade que Deus nos concedeu. Fonte: Sou da Promessa ...

Leia mais →

Guerra e paz

“A paz esteja convosco!” (Jo 20.19) “Si Vis Pacem Para Bellum”. Esta expressão latina, talvez cunhada por Publius Favious Vegetius Renatus, quer dizer algo mais ou menos assim: “Se queres a paz, faça a guerra” ou, “a paz pela força.” Esta sentença parece ter convencido os homens desde sempre, pois a história da humanidade é uma história repleta de guerras: guerras púnicas, dos Cem Anos, 1ª e 2ª Mundiais, Guerra Fria, dos Seis Dias, do Golfo, da Bósnia, de Moçambique, de Angola, das Malvinas e agora da Síria, apenas para citar as mais frescas em nosso inconsciente coletivo. Isto sem mencionar os conflitos infindáveis no norte da África e até bem pouco tempo entre irlandeses protestantes e católicos. Quem, com a idade de 40 anos, não se acostumou a ouvir nos noticiários os atentados do IRA? Sempre que estas tensões... ...

Leia mais →

Deus não realizou meu sonho

Sting é um cantor incrível. Sem nenhum esforço ele pode atingir notas que somente os cães conseguem ouvir. Ele é claramente dotado por Deus. Em várias ocasiões, eu o invejei por seu talento e sucesso. Quando era adolescente, eu assisti a estreia americana dos Beatles no programa do Ed Sullivan e a trajetória da minha vida mudou para sempre. Era como se eu tivesse bebido apenas água toda a minha vida e de repente tivesse tido uma degustação de um frappachino de chocolate com menta. Agora eu tinha um sonho – ser como os Beatles – escrevendo músicas legais, me apresentando para multidões escandalosas e sendo perseguido por fãs. Segui o meu sonho pelo ensino médio e faculdade, escrevendo canções e tocando em uma banda de rock , “Phoosh” (o som de alguma coisa indo muito rápido). Tenho certeza que... ...

Leia mais →

Uma mente debaixo da graça

Por Darren C.Marks “O estudo da teologia adquire significado quando lança base sólida para a construção da experiência.” Jon é estudante do primeiro ano de um curso de teologia e pertence a uma vibrante igreja. Ele faz trabalhos no campus onde estuda, e em breve será líder de uma congregação. Como muitos outros estudantes da disciplina, ingressou no seminário com bastante desejo no coração, mas pouco conhecimento do assunto. No ambiente acadêmico, a tarefa de questionar o mundo é levada a sério. Manter sua fé acanhada não é, por isso, uma opção para Jon. Ele se encontra em um mundo secular, onde sua crença sofre constante ataque. Como muitos novos estudantes de teologia, o rapaz sente-se ameaçado quando ouve que há diferentes tipos de cristãos. No começo, algumas das ideias apresentadas em sala de aula o aborreceram claramente. No entanto,... ...

Leia mais →

Sete motivos para abandonar sua Igreja

Por Pr. Anderson Guarnieri   Texto base: Lucas 24.13-35  Introdução: A cada ano milhares de brasileiros se convertem e ingressam numa igreja evangélica. Mas, também, a cada ano, muitos abandonam suas igrejas, fazendo-as parecer um imenso corredor: muitos entrando pela porta da frente; um bom tanto deles saindo pela porta dos fundos. Este fenômeno, no entanto, não é novo. Se considerarmos que a igreja cristã nasceu na manhã da Páscoa, no dia da ressurreição de Jesus, então, à tarde daquele mesmo dia ela já tinha dois “desviados”: OS DOIS DISCÍPULOS NO CAMINHO DE EMAÚS!   1º Motivo:   Dar ouvidos à conversa fiada – vs. 13-14:  Para que alguém se converta e una-se a uma igreja evangélica, muitas pessoas, de muitas igrejas diferentes, colaboram para isso: Um lhe fala de Jesus pela primeira vez, outro lhe entrega alguma literatura, alguém ora... ...

Leia mais →

Enforcados na gravata

Por Pr. Edmilson Mendes Perdi a conta do número de vezes que me pediram para dar nó em gravata. De seminaristas a pastores, todos os tipos me solicitaram o serviço. Para quem nunca deu, fácil não é. Difícil, no entanto, é suportar a gravata no pescoço face ao nosso clima tropical. Mas tem situação pior, aquela dos nós quase impossíveis de desatar no ministério pastoral. Uma ovelha reclama que a esposa está em greve de sexo há quatro anos. Outra, mais outra e outra confessam os meses de fornicação em que caiu o namoro. O homem vem e desaba em choro declarando sua dependência por pornografia. A mulher diz que precisa revelar uma bomba, está saindo com o namorado da filha e se entregou a leitura de livros eróticos. Um casal confessa que consumiu todas as reservas dos pais velhinhos... ...

Leia mais →

Pela Fé

Quando lemos as histórias relatadas na Bíblia, vamos de uma página a outra e vemos as promessas de Deus se cumprirem rapidamente. O que não percebemos é que os milagres não aconteceram um ou dois capítulos depois que Senhor falou com um dos seus servos. Esses pequenos capítulos na verdade são meses, anos, ou na maioria das vezes, décadas. Um dos relatos que mais retratam essa afirmação é a história de Abraão, descrita no livro de Gênesis. No capítulo 15, Deus promete a Abraão um filho. Ele com 75 anos e Sara com cerca de 70 anos. Dois “idosos” tinham a promessa de que seriam pais de uma grande multidão: “Olha para as estrelas os céus e conta-as se é que podes contar. Assim será a sua descendência.” (Gn 15.5.) Seis capítulos depois, apenas três páginas na minha Bíblia, após... ...

Leia mais →

Deus não tem pressa

Deus não tem pressa. Aliás, desconfio que ele não tenha relógio. Acompanhe o que talvez seja a segunda proposta de trabalho de Deus ao homem. É bom lembrar que a primeira — feita a Noé —, da ideia à realização, levou não menos do que cem anos. Agora, trata-se de um projeto novo. Uma espécie de PAC (Plano Ancestral de Crescimento) da humanidade: “Quando Abrão estava com noventa e nove anos de idade o Senhor lhe apareceu e disse: ‘Eu sou o Deus todo-poderoso; ande segundo a minha vontade e seja íntegro. Estabelecerei a minha aliança entre mim e você e multiplicarei muitíssimo a sua descendência’” (Gn 17.1-2). O leitor sabe do que Deus está falando. E não é a primeira vez que o Todo-Poderoso toca no assunto. Cinquenta anos antes, Deus havia sugerido uma mudança radical na vida do... ...

Leia mais →