Categoria : Institucional

Para que o seu pequeno grupo se reúne?

Imagine que você está liderando um pequeno grupo, e um jovem casal fala sobre a sua infertilidade. Eles compartilham a sua batalha contra a inveja quando outros engravidam, seu medo de nunca engravidar e sua luta contra a amargura em relação a Deus. O que você diz? Já que esse casal está sofrendo, é amoroso desejar confortá-los. Então, talvez alguém do grupo diga: “Eu sinto muito pelo que vocês estão passando”. Talvez alguém compartilhe sobre um casal que engravidou após um longo período de infertilidade. Talvez outro membro diga que vai orar para que eles engravidem. E talvez alguém recomende um especialista em infertilidade. Tudo isso provavelmente irá consolar o casal infértil, e pode ser o tipo de incentivo e conselhos que eles precisam. Mas esse pequeno grupo já cumpriu o objetivo de Deus para a comunhão? Eu penso que... ...

Leia mais →

Fruto, nunca mais!

“E, vendo uma figueira à beira do caminho, aproximou-se dela; e, não tendo achado senão filhas, disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti! E a figueira secou imediatamente” (Mt 21.19). Jesus já havia subido a Jerusalém para a festa da páscoa. Estava mergulhado na sombra da cruz. Era sua última semana, antes de ser preso, julgado, condenado e pregado na cruz. Jesus saíra de Jerusalém para pernoitar em Betânia e logo de manhã estava de volta à cidade que o aclamara e à cidade que, liderada pelos sacerdotes, reivindicaria sua morte. Cedo de manhã, ao voltar para Jerusalém, teve fome. Nesse momento, ele vê uma figueira à beira do caminho. Aproxima-se dela, mas não encontrou nenhum fruto, apenas folhas. Jesus, então, pronuncia seu juízo à figueira. Aquela que, fazendo propaganda de frutos, deles estava desprovida, foi sentenciada a ficar sem... ...

Leia mais →

Depressão Espiritual

Por que você está assim tão triste, ó minha alma? […] Ponha a sua esperança em Deus! (Salmo 42.5) A depressão parece ser uma condição bastante comum entre os cristãos. Não me refiro à depressão clínica, que pode necessitar de psicoterapia especializada, mas à depressão espiritual, com a qual deveríamos ser capazes de lidar por nós mesmos. O autor dos salmos 42 e 43 (que evidentemente formam um único salmo) é claro acerca de sua depressão. Para começar, ele está com sede de Deus (tão sedento quanto a corça pelas águas), porque está separado dele, passando por algum tipo de exílio forçado. Ele lembra das grandes celebrações do passado, quando “entrava para apresentar-se a Deus” (42.2), e anseia por retornar “ao altar de Deus”, fonte de sua plena alegria (43.4). Sua depressão se deve, no entanto, não somente à ausência... ...

Leia mais →

Tá difícil?

Como era fácil a vida de menino! Pipa, bola, bicicleta, tubaína, pé-de-moleque. 3 Patetas, Túnel do Tempo, Perdidos no Espaço. Forte Apache, carrinhos, esconde-esconde. Daniel Boone, Tarzan, Os Flintstones. Sesi, recreios, aulas, hino nacional. Casas da vó, dos primos, dos tios. Histórias da bíblia na voz dos pais. Vinde meninos, vinde a Jesus! Ah, vida de menino, era fácil, era lindo. Era bom, foi demais, inesquecível! De lá pra cá tudo mudou. O tempo acelerou, os anos voaram. Complexo. Complicado. Difícil. Cada dia um pouco mais confuso. Cada dia um pouco mais difícil. Tragédias já não surpreendem. Sabemos que vão acontecer. Mas pioram, e, por isso, assustam. Lágrimas clamam por explicação. Traições sufocam esperanças. Corrupções sem fim ridicularizam a moral. A moral fica imoral. O imoral sobe no pedestal. Até quando? Tá difícil! Difícil ter, ver, entender, ser, viver e... ...

Leia mais →

Billy, amor com humor.

21.02.18, manhã de uma quarta feira na Carolina do Norte, em casa, aos 99 anos, findava-se aqui nesta terra uma das mais belas biografias escritas entre os cristãos, findou-se a vida de Billy Grahan. Confidente e conselheiro de presidentes. Pregador que falou para mais de 200 milhões de pessoas ao vivo durante décadas de trabalho incansável, e certamente falou a bilhares através de livros, vídeos, transmissões via rádio, tv e internet. Contar sua história de vida exige bem mais que o espaço de um texto como esse, exige milhares de páginas para conter os eventos que marcaram sua trajetória. Enquanto aqueles que o acompanharam e o respeitam e admiram pelo evangelista que foi e por seus grandes feitos, quero destacar duas faces, mais comuns, mais humanas. Faces que o tornam especial não por ser diferente, mas por ser igual a... ...

Leia mais →

As mãos do oleiro e não a força do barro

Um pouco de tinta nas mãos de um pintor se torna uma obra de arte. Uma batuta nas mãos de um maestro faz nascer uma sinfonia. Uma semente nas mãos de um agricultor pode gerar um belo jardim. Um pouco de barro pode se tornar um lindo vaso nas mãos do oleiro. Uma pedra diante de um hábil escultor se transforma em uma escultura. Aquilo que é simples pode se tornar extraordinário, dependendo das mãos que estiverem trabalhando. Entenda, o que transforma coisas simples em espetaculares são as mãos que as moldam. O barro, nas mãos de pessoas comuns continua sendo apenas barro. Mas, nas mãos do oleiro, o barro se torna um vaso. O que importa então não é a coisa em si, mas as mãos que estão trabalhando. Nós seremos apenas barro se não estivermos nas mãos do... ...

Leia mais →

Preciso mesmo ir à igreja?

A igreja não morreu! Ao contrario do que alguns cristãos imaginam… Alguns podem dizer: “Por que eu deveria ir à igreja? Por que não posso simplesmente fazer devoções sozinho?”. A salvação é individual. A igreja não salva ninguém! Isso é bem verdade. E graças a Deus, a salvação não é coletiva. Paulo bem afirmou que “cada um” prestará contas “diante do tribunal de Deus” (1 Co 5.10), e é Jesus Cristo que perdoa pecados e nos salva (Ef 1.6-7; 2.8). No entanto, antes de rejeitar ou desprezar a igreja em sua vida, que tal ler o que Deus diz sobre ela? Igreja, no sentido prático, é um grupo de pessoas que foram chamadas para sair do império das trevas e ir para o reino da luz (1 Pe 2.9). Jesus é o construtor dessa igreja (Mt 16.18). Ele afirma: não... ...

Leia mais →

Vencedor mas desclassificado

Medalha de ouro nos Jogos olímpicos. Lugar mais alto do pódio. Hino nacional tocando. Pessoas do mundo inteiro assistindo e impressionadas com o feito de um campeão. Ben Johnson, velocista, experimentou essa sensação quando ganhou a prova de 100 metros rasos na olimpíada de Seoul de 1988. No entanto, o mesmo que venceu foi desclassificado por causa de um doping. Da glória a vergonha Esse atleta foi desclassificado por ter competido fora das regras. Quantas pessoas também parecem hoje estar subindo em pódios humanos, recebendo aplausos, mas sendo desclassificados no céu? O apóstolo Paulo disse a Timóteo: ” Nenhum atleta é coroado como vencedor se não competir de acordo com as regras (2 Tm 2.5)” . Mesmo que pareça que alguém está tendo sucesso na terra, o céu não aceitará vitórias sem princípios.  Não se iluda. Muitas vezes o que... ...

Leia mais →

O que é realmente adoração?

Com a adoração, acontece o mesmo com muitos outros conceitos nas Escrituras: Muitas pessoas pressupõem saber o que é, mas poucos poderiam defini-la com precisão. E se não sabemos o que consiste uma coisa, não poderemos saber se o que estamos fazendo é o que deveríamos estar fazendo. Talvez a definição mais simples que podemos dar de “adoração” é “honrar a um Ser superior”. Pode se tratar de um ídolo ou do Deus vivo e verdadeiro. Mas o núcleo, a essência do culto, é prestar tributo, honra, reverência, respeito, louvor e glória a um Ser superior. As duas palavras que são mais comumente usadas nas Escrituras para se referir à adoração, tanto no AT como no NT, envolvem a ideia de se curvar, prostrar, reverenciar. A palavra usada no NT literalmente significa “beijar a mão”, como um sinal de respeito... ...

Leia mais →

Desintoxique-se

“Abandonem toda amargura, todo ódio e toda raiva. Nada de gritarias, insultos e maldades! Pelo contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês.” Efésios 4.31-32 – NTLH Deixe fora do seu coração os pesos desnecessários das mágoas, das vingancinhas e dos rancores que são inimigos vorazes de sua saúde integral. Não retenha ofensas. Não colecione grosserias. Não guarde insultos e veneninhos que lhe foram endereçados. Não fique lembrando daquelas fofocas sobre você ouvidas, no banheiro de festa, que eles ou elas não sabiam que você ouviu “tudim”. Perdoe os que lhe maldizem e abençoe os que lhe perseguem. Não responda a invejosos, fofoqueiros e implicantes. E nem se vanglorie disso. Ria de si mesmo e deixe que os outros também deem risadas dos seus... ...

Leia mais →