Categoria : Institucional

A importância de ter um coração grato

Infelizmente, somos acostumados a reclamar. Reclamamos do sol, da chuva, do trabalho, do trânsito… da vida. É muito mais fácil ver alguém murmurando porque o dia amanheceu chuvoso do que agradecendo pela água que rega a terra, limpa o ar e traz fertilidade ao solo. Mal dizemos as segundas-feiras pela manhã, falamos mal do trabalho vez após vez e lamentamos a rotina. Não paramos para enxergar as bênçãos que nos cercam e que são derramadas sobre nós abundantemente. O que seria de nossos dias se ao invés de reclamarmos, agradecêssemos profusamente? Eles seriam mais felizes e agradáveis, pois uma perspectiva positiva e grata em relação ao cotidiano é muito melhor do que uma visão negativa e murmuradora. Ter um coração grato é virtude apreciada por Jesus. Isso fica claro ao lermos a passagem do Evangelho de Lucas, capítulo 17, versículos... ...

Leia mais →

Culto de despedida do Pr. Elias Alves

No último sábado foi realizado, na direção da primeira igreja de Jales, o culto de despedida e gratidão ao Senhor pela vida do Pr. Elias Alves e dsa. Marilsa. Foram 35 anos de ministério abençoado pelo Senhor e por isso, além das lágrimas de saudades, louvamos ao Senhor pelos anos que passamos junto a esse abençoado casal. Na ocasião contamos com a presença dos irmãos da primeira igreja e outras, amigos e de alguns pastores dentre eles Pr. Fernando Duarte (diretor Regional), Pr. Aldo (diretor do Ministério de Pastores Geral) e Pr. Gilberto (representante da diretoria Geral). ...

Leia mais →

Sou o seu tesouro

Lembre-se de mim, neste 11 de dezembro Fui escrita há mais de dois mil anos. Já tive modelos frágeis, hoje sou forte, sou até aplicativos, fico aberta nas casas. Fico empoeirada, mas as pessoas não me leem. Tenho muitas mensagens para ensinar, acalmo as pessoas no desespero, mas elas não lembram de me ler na alegria. Fico esquecida, na correria da semana. Estou ali, no cantinho da gaveta ou na cabeceira da cama. Eu sou a Bíblia Sagrada e meu dia é comemorado no segundo domingo de dezembro. Muitos só lembram de mim no fim de semana, isso quando meu dono vai à igreja. Se ele viaja, muitas vezes, não sou levada na mala. Sou o melhor presente para dar a alguém. Às vezes, me oferecem para as crianças quando nascem, mas nem falam para elas sobre mim. Elas ficariam... ...

Leia mais →

Amar é tão difícil que virou um mandamento

“Amem uns aos outros com todas as forças e com um coração puro.” (1Pe 1.22) A Bíblia insiste teimosamente no amor. No amor conjugal, no amor fraternal (entre irmãos e companheiros de fé e caminhada cristã), no amor pelo próximo (independentemente de laços sanguíneos e de credo), no amor ao inimigo (pessoas que julgamos hostis a nós) e no amor a Deus (aquele que existe, mas que não vemos). O amor é tão importante no cristianismo que toda a lei de Moisés e todo o ensino dos profetas dependem tanto do amor de Deus (que é o primeiro mandamento de maior importância) como do amor ao próximo (que é o segundo mandamento de maior importância). Esses dois mandamentos são como elos de uma corrente (Mt 22.36-40). No entanto, amar não é tão natural como deveria ser. Em última análise, a... ...

Leia mais →

Doação de sangue da 2° igreja em Jales

No último sábado, cerca de 25 irmãos da segunda igreja em Jales se organizaram para realizar a doação de sangue no hemocentro de Fernandópolis. Louvamos a Deus por eles demonstrarem amor em várias formas, dessa vez doando sangue. ...

Leia mais →

Seminário Teológico do CTM

No último sábado, dia 11 de novembro, os alunos do Centro de Treinamento Ministerial participaram de seminário teológico com o tema Éfesios – uma carta para nosso tempo. O seminário foi ministrado pelo pastor Auriedno Rodrigues de Paula. Esse encontro marcou a finalização das aulas do curso para este ano. Para o ano que vem teremos novos curso e em breve você terá todas as informações em nosso site. Louvamos a Deus por todas as mudanças que estas aulas promoveram, pelo alunos e colaboradores do curso. ...

Leia mais →

O que você vai colher até o final de 2017?

Lembra das promessas do início do ano? Os hábitos que prometeu mudar, as comidas que decidiu se abster, os programas de TV que escolheu abandonar, as más companhias que resolveu riscar, as fraquezas que garantiu não mais te dominar, as vinganças que sugeriu deixar, o perdão que planejou oferecer, a fidelidade que jurou para sempre honrar, lembra? Deu tudo certo? Até aqui, conseguiu viver na prática do que prometeu até este novembro, mês que já vai anunciando o dezembro que finaliza o ano? Em muitos casos nem mesmo nos lembramos de coisas que prometemos. Outras coisas, como a dieta para muitos, foi simplesmente abandonada diante dos insistentes churrascos, pizzas, chocolates e sorvetes que teimam em surgir em nosso campo de visão a toda hora! Comida, no entanto, é o menos grave. Existem promessas profundas que se disciplinadamente tivessem sido cumpridas,... ...

Leia mais →

Fofoca? Nem me conte!

Qualquer um que conheça um pouco do humor cearense conhece os personagens Coxinha e Doquinha. Para quem não conhece, Coxinha é o estereótipo daquele que na frente de alguém esbanja elogios, mas quando esse alguém dá as costas, ele começa a difamar, ou tesourar, na linguagem coloquial, o dito cujo. Tanto Coxinha como Doquinha são exemplificações de como o pecado da fofoca e difamação pode ser esvaziado de seu caráter negativo quando a situação que deveria criar repulsa é vertida em risos. O irônico é que sempre somos levados a rir com Coxinha e Doquinha, mas nunca nos colocamos no lugar daquele que é difamado. Aliás, quem gosta de ser difamado e por cima disso ser motivo de piada? Então por que tantas vezes somos estes que fofocam sobre os outros? E o que é pior, por que isso acontece... ...

Leia mais →

Aprenda a louvar e pare de reclamar!

Minha mãe não permitia murmuração em nossa casa, não porque ela fosse religiosa, era questão de superstição mesmo. Para ela, reclamar da vida atraia maus fluídos. Portanto, era imperativo que independente da situação em que estivéssemos passando lá em casa, fôssemos, ou verbalmente gratos, ou permanecermos calados. A Bíblia condena a murmuração(1 Co 10.10), porque ela é uma forma de atacarmos ao nosso Deus, soberano em seus propósitos, os quais muitas vezes nos levam por caminhos íngremes porém necessários. Murmurar é acusar o guia da excursão de dificultar a caminhada mesmo sabendo que ele não faria tão terrível rota se não fosse necessária, até porque ele mesmo está percorrendo o caminho conosco. Assim também Deus não nos leva pelos piores caminhos de maneira arbitrária ou cruel, e nem sem nos dar a garantia de sua companhia. Nosso Deus é bom,... ...

Leia mais →

Os verdadeiros reformadores

Semper reformanda tem sido deturpado. É um dos slogans mais abusados, mal utilizados e incompreendidos dos nossos dias. Os progressistas capturaram e mutilaram o lema do século XVII e têm exigido que nossa teologia, nossas igrejas e nossas confissões estejam sempre mudando para que se adaptem à nossa cultura em constante mudança. No entanto, semper reformanda não quer dizer o que eles pensam que significa. Semper reformanda não significa “sempre mudando”, “sempre transformando”, ou mesmo “sempre reformando”. Antes, significa “sempre sendo reformado”. Quando foi usado pela primeira vez, semper reformanda era parte da declaração mais ampla ecclesia reformata, semper reformanda (a igreja reformada e sempre sendo reformada). Para tornar a declaração mais clara, a expressão secundum verbum Dei (segundo a Palavra de Deus) foi acrescentada mais tarde, compondo a declaração “A igreja reformada e sempre sendo reformada segundo a Palavra... ...

Leia mais →