Categoria : Artigo

O cordão de três dobras

“… o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade” (Ec 4.12). Salomão está concluindo sua argumentação sobre a importância da relação conjugal como uma sociedade de apoio e proteção mútua, chegando, agora, ao apogeu de seu pensamento, ao dizer: “o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade”. Não basta ao casal cuidar, proteger e encorajar um ao outro. O casamento não é apenas um relacionamento entre um homem e uma mulher. Essa relação precisa envolver uma terceira pessoa. Aquele que instituiu o casamento e o abençoa precisa ser o fundamento dessa relação. Daí Salomão falar no cordão de três dobras. Quais são essas dobras que formam o cordão que não se rebenta com facilidade? Em primeiro lugar, o marido é a primeira dobra do cordão. O homem deve assumir o seu papel de deixar pai e... ...

Leia mais →

Deixe Deus ser Deus!

Salmo 47.10 “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus, sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra”. Isso mesmo! Ele é Deus. Um Deus santo. Tudo vê. Tudo conhece. É um Deus único. Puro e verdadeiro. Exaltado em todos os lugares. Nos céus e na terra. Seja sempre exaltado. Seja magnificado. Seja glorificado. Eu me calo diante da sua presença. Os meus pensamentos são somente para adorá-lo. Deus santo! Ser santo é ser ou estar acima da norma. É ser superior e extraordinário. O Deus santo habita num plano diferente do nosso. Aquilo que nos amedronta, a Ele não provoca medo. O que nos preocupa não preocupa a Ele. Buscamos sempre a sua presença. Quando a encontramos não necessitamos de mais nada. Quando encontramos Deus, assim como Jó, achamos paz no sofrimento. Assim como Jó, fechamos nossa boca e... ...

Leia mais →

O que não dizer às sobreviventes de violência sexual

Ao conversarmos com mulheres que sofreram abuso, precisamos oferecer-lhes segurança, e não julgá-las. Devemos estar totalmente disponíveis para ouvi-las e apoiá-las. As palavras erradas podem ser como uma facada no coração, fazendo com que as sobreviventes se sintam ainda mais desesperançadas e sozinhas. Essas mulheres precisam saber que verdadeiramente nos importamos com elas. Aqui estão algumas coisas altamente inúteis que frequentemente são ditas às sobreviventes:  “O que você estava vestindo?” Esta pergunta é totalmente irrelevante. O que importa o que ela estava vestindo? Há policiais uniformizadas que foram agredidas. O Departamento de Justiça dos EUA confirmou que não há conexão alguma entre a roupa e as agressões sexuais. Perguntas como esta dão a entender que parte da culpa é da sobrevivente, quando, na verdade, o único culpado é quem cometeu o abuso.  “Por que você não fugiu ou gritou?” ou... ...

Leia mais →

É o fim do mundo mesmo!

Não temos como calcular o dia e nem a hora da vinda de Jesus, a bíblia assim afirma, mas os sinais de que estamos vivendo os finais dos tempos são claros. Muitos são os sinais, mas há um deles que me chama a atenção. Jesus disse: “E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos” (Mateus 24.12). Começamos o ano de 2019 com inúmeros desastres; chuvas, pessoas morrendo em acidentes aéreos, adolescentes morrendo queimados, soterramento tirando a vida de mais de 400pessoas, guerras, assassinatos. Só no Brasil uma mulher é morta a cada duas horas. E não somente nessas grandes tragédias, mas vemos isso no dia a dia mesmo: famílias sendo destruídas por conta do orgulho, pais que não se relacionam com seus filhos, esposas que falam mal dos seus maridos, insubmissas, maridos omissos, pais ausentes,... ...

Leia mais →

Não sofra de amnésia!

A Ceia do Senhor nos faz lembrar da cruz de Cristo e do que recebemos por meio dela! Você já ouviu falar de amnésia espiritual? É um mal do qual todos nós, seres humanos, desde a “queda”, padecemos, e que nos faz esquecer o que está relacionado a Deus. Vez ou outra nos esquecemos de orar, de ler a Bíblia, de agradecer, de confiar no Senhor, e assim por diante. Não é à toa que a Bíblia repete em suas páginas a expressão “lembra-te”: “Lembra-te dos dias da antiguidade”…,” Lembra-te do teu Criador…”,”Lembra-te de onde caístes…”. É isso mesmo. Sofremos de amnésia espiritual e se não nos tratarmos, ela pode evoluir e fazer esquecer-nos da graça, da cruz e do Salvador. É por isso que Paulo escreve: “Lembra-te de Jesus Cristo… “(2Tm 2.8). Esquecer o Cristo é o estágio mais... ...

Leia mais →

Casamento é parceria e não competição

15“Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho…” (Ec 4.9-12). O casamento é uma ideia de Deus e uma dádiva aos homens. Deus criou o homem e a mulher, à sua imagem e semelhança. Também instituiu o casamento para a felicidade de ambos. No casamento marido e mulher se tornam uma só carne. Somente a morte deve por um ponto final nessa relação de amor, respeito e fidelidade. Nessa aliança de afeto não deve existir competição, mas complementação. Marido e mulher não atacam um ao outro, mas defendem um ao outro. Não buscam no casamento a satisfação de si mesmo, mas altruisticamente, buscam, com primazia, a felicidade do cônjuge amado. O casamento é a mais íntima das relações humanas, No texto em apreço, Salomão oferece algumas bênçãos do casamento. Vejamos: Em primeiro lugar, porque... ...

Leia mais →

O Pai que ouve

Orar é falar com Deus. Se creio que tenho um Pai Celeste que me ama e a quem eu amo e entreguei a vida, só faz sentido viver, se for para se relacionar com esse Pai. A oração é uma maneira de relacionar-se diretamente com Deus. Como deixar o dia passar sem falar com ele? Aquele que conhece cada detalhe da minha vida. Aquele que consegue sondar o meu coração e investigá-lo de forma que eu mesma não sou capaz? Aquele que sabe de cada dor, cada medo expresso ou velado, cada angústia, cada tristeza? Aquele que também sabe das alegrias vividas, do momento mais feliz, das esperanças, das desesperanças… e de tudo o mais que ronda a mente e o coração humano? Que grande privilégio é conversar com o Criador do Universo. Momentos de oração devem ser buscados constantemente... ...

Leia mais →

Amor não é sentimento, mas atitude! será?

Pode soar um tanto radical, mas de um modo geral, essa ideia jamais será encontrada nos ensinos da Bíblia Sagrada. A mensagem da verdadeira religião cristã ali exposta, nunca departamentalizou a vida humana. No ensino bíblico, a fé nunca está à parte das obras, o conhecimento nunca está à parte das ações e as afeições nunca estão à parte da concretude da vida cotidiana. O domínio de Cristo deve se fazer realidade em todos os meandros da nossa existência, inclusive e de forma bastante destacada, em nossas afeições e sentimentos, de modo que se você apenas age como quem ama mas seu coração não está em consonância com sua ação, você tem um problema de coerência com o qual vai ter que lidar. A Bíblia é muito clara no que tange a necessidade de harmonia entre nossos afetos e nossas... ...

Leia mais →

O tal pote da (in)gratidão

No começo do ano, junto com todas aquelas resoluções que costumamos fazer, segui uma inspiração do Instagram para um exercício de contentamento: o potinho da gratidão. Uma jarra de vidro, papel e caneta. Só. Essa era a simples receita para o que parecia um hábito simples e super-realizável (além de, claro, ser “instagramável”). Mas o resultado da minha empreitada acabou por ser um verdadeiro atestado médico sobre a saúde do meu coração. Seis meses depois e está aí o fruto da minha (in)gratidão: a jarra de vidro quase vazia, salva apenas por dois bilhetinhos. Os dois primeiros, os dois únicos. E ainda por cima, eu só escrevi um deles. Deveria parecer piada, mas é tragédia. Primeiro, eu me justifiquei pela falta de tempo. Parar para escrever quando você está contando os minutos que tem de sono é um desafio e... ...

Leia mais →

A propaganda de Deus

Que a generosidade seja a marca da vida de vocês. Mostrando-se acessíveis aos outros, vocês motivarão as pessoas a se aproximar de Deus, o generoso Pai do céu. (Mt 5.16) Mal chegou a Belém da Judeia, Rute começou a despertar a atenção de todo mundo. Ela era uma estrangeira que havia deixado seus pais, sua terra e seus deuses para se converter ao Deus do seu marido, Malom, morto pouco tempo antes. A jovem viúva causava boa impressão na cidade por sua presença ali, por sua bondade com a sogra, por sua humildade, por seu trabalho, por sua fé e por seu comportamento. Boaz, homem de muitos bens, aquele que seria mais tarde seu segundo marido, disse-lhe: “Toda a cidade do meu povo sabe que és mulher virtuosa” (Rt 3.11). O testemunho impecável de Rute é o testemunho que Jesus... ...

Leia mais →